2010/10/25

Dia 516

Muito prazer, esse sou eu, cheio de defeitos.
Não estou interessado no futuro ou na celulite. Tão pouco no preço do combustível ou se vai chover, muito menos se o presidente vai viajar ou se vai voltar. Não estou nem ai. Sim, isso é uma puta falta de sensibilidade com as outras pessoas e sim, é uma puta falta de interesse por tudo que é alheio a mim. Já ouço bobagens demais das pessoas com quem trabalho, no vagão de trem e no ônibus indo pro trabalho, até mesmo dentro da minha própria casa. Se eu quiser, tenho total direito de mandar você calar a boca, por que não aguento o timbre da sua voz enquanto fala sobre as futilidades consumistas que você vomita no ar. Mas isso sou eu, posso estar totalmente errado e é uma das coisas mais naturais do mundo estar certo o tempo todo. A cada balde que chutei machuquei o meu pé. Um dia percebi que precisava deixar de chutar o balde para seguir em frente, hoje passo pelo balde sem sequer chutá-lo pra seguir o meu caminho, pois preciso muito do meu pé pra continuar a minha caminhada. O nome disso talvez seja amadurecimento.
Já corri muito atrás de ônibus, já tirei caca do nariz com o dedo, já tropecei na rua, já tomei banho de chuva... Mas nada disso me faz melhor ou inferior a você ou a ele ou a ela sentada no fundo da sala e aquele esperando o trem.
Cheio de defeitos, esse sou eu, muito prazer.

18 comentários:

aivilana disse...

Primeiramente, assim como elogiou as minhas figuras, eu elogio a sua. Não pelo mesmo motivo, mas uma uma imagem da Starbucks me conquista! :)
Quanto ao post, ótimo! Ter que ouvir besteiras, pensar asneira para responder algo que as pessoas queiram é osso!
Cada assunto horrível e que nos enojam perturbando o nosso silêncio todos os dias. Política, protestos e algumas tendências da moda. Um saco!

Obrigada pelo comentário no meu blog. Fico lisonjeada de receber recados de uma pessoa como você, com uma capacidade de escrita incomparável! :)
Valeu mesmo!

Suzy Carvalho disse...

cara, que coisa mais mais mais... nao sei exatamente q palavra usar ahuahua *-*
é apenas perfeito!

Dani Brito disse...

Pois é, tem muita gente fútil nesse mundo e isso me faz ter vontade de vomitar, mas enfim, enqto as pessoas vivem em suas razões e seus mundinhos pequenos e limitados, sempre voltados ao querer ser perfeito, vamos seguindo nosso caminho sabendo aproveitar a vida a nossa maneira.
Adorei a parte do chutando o balde, mas puta merd*, precisava falar da caquinha do nariz?
kkkkkkkkkkkkkkk

Beijo

e OBS: O QUE SÃO AQUELAS FRASES DO QUE DIZER A UMA MULHER? CRISTO! CHOREI...hahahahaha

Maíra K. disse...

O que seria de nós se não fossem nossos defeitos? São ele, afinal, na minha concepção que nos fazem únicos! :)

Camila França disse...

Como sempre, adoro tudo o que diz.

Acho que todos nós somos tão iguais por sermos todos tão cheios de defeitos. Não os mesmos.
Creio que todo o ser humano possa se identificado assim:
Ser complicado, com defeitos, com insatisfações e frustações, com tristezas e felicidades e blá blá blá...

Tudo muito perace que nos faz completamente diferente.
:D

Beijão.

Amanda Arrais disse...

"A cada balde que chutei machuquei o meu pé. Um dia percebi que precisava deixar de chutar o balde para seguir em frente, hoje passo pelo balde sem sequer chutá-lo pra seguir o meu caminho, pois preciso muito do meu pé pra continuar a minha caminhada."

Simplesmente fantástico! E realmente acho que isso seja o tão falado amadurecimento.
Lindo! Tô seguindo.

=*

Anjo Noturno disse...

Muito prazer...
Sim isso pode ser amadurecimento, mas eu diria autenticidade.

Juliana disse...

é, conviver com pessoas não é facil. Mas tb nao podemos nos isolar...é muito complicado.
Eu vejo os nossos defeitos como uma maneira de amadurecer. Odeio os meus defeitos e vou lutar com todas as minhas forças pra supera-los, um a um. O que nao podemos é nos conformar...
Beijo

R;* disse...

Prazer!rs
Acho que o amadurecimento começa exatamente no momento que começamos a reconhecer nos nossos defeitos e encarar a situações ao nosso redor como realmente são!
É tão bom ver que essa transformação acontecendo, meu momento também está acontecendo, até de uma maneira bem proveitosa!
Beeijo ;*

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração, já diziam os Titãs...

Somos o que somos.. e mesmo que seja estranho, seja vc!!

BeijO*-*
[aguardo sua visita!!]

http://evesimplesassim.blogspot.com/

Ágatha Alves disse...

Prazer tbm sou cheia de defeitos
e sabe axo q isso é a graça de tudo,
se fossemos todos perfeitos, seguindo uma risca só, nada disso seria tão prazeroso de viver de conhecer novas pessoas e etc.
Gosto que seja melhor assim, esses defeitos , essas diferenças.

BEijão

Bruna Zumbia disse...

Gostei da foto (:

Luiza disse...

gosto da voracidade dos seus textos, do seu estilo nem aí. da forma inteligente das suas frases, como essas: "A cada balde que chutei machuquei o meu pé. Um dia percebi que precisava deixar de chutar o balde para seguir em frente, hoje passo pelo balde sem sequer chutá-lo pra seguir o meu caminho, pois preciso muito do meu pé pra continuar a minha caminhada. O nome disso talvez seja amadurecimento."
beijo

Taís Ronchi disse...

Starbucks sempre fotogênico! =)
Realmente eu concordo com o que você escreveu, mas, é difícil nos comportar com essa vontade imensa, ter que ouvir os problemas dos outros não é legal! Acredito que todos nós temos probelmas e uma das maneiras eficientes de "descontrair" isso é o famoso, metrozão! =) Você acaba sabendo cada coisa que não vai mudar merda nenhuma na sua vida, ou até melhor, não precisava ter ouvido isso!

ótimo post cunhas.

Maíra Souza disse...

E quem não tem defeitos?
De alguma forma eles sevem pra algo. Hahaha

E temos sim todo o direito de mandar calar a boca, nosso ouvido não é penico. =p

Anônimo disse...

Cara o q isso como uma pessoa escreve tão bem!Parabéns continue essa pessoa rara!Adorei!

Srtª Elis° disse...

Prazer eu sou ..elis....ahahaha

um xero meu floR1 bom estra aqui..
:)!

Anônimo disse...

Encontrei seu blog por acaso...vi postada a parte de chutar o balde sem o nome do escritor e fui atrás... Cheguei aqui e quero repassar mas queria sua autorização antes de qualquer coisa. Acho que vou continuar lendo seus escritos. Eles pararam ou vc está atualizando ou eu que não sei mexer com essas coisas de blog...rsrs..beijos !!! Lili ... Eternamente poética ...