2011/01/19

Dia 541

A arma, a caixa de música...
Precisamos acordar. !
Ás vezes eu penso no futuro. Chegar em casa de noite depois do trabalho. Colocar alguma coisa pronta no microondas pra esquentar enquanto tomo um banho. Sentar no sofá na frente da tv, com meu cachorro vira-lata do lado. Pegar no sono.
A gente cresce, fica alto, mais velho… Mas, na maioria dos casos, a gente ainda é um bando de crianças correndo no parquinho desesperadas para entrar num grupo. Nesse momento há 6 .470.818.671 pessoas no mundo. Algumas estão fugindo assustadas, algumas estão voltando pra casa. Algumas dizem mentiras pra suportar o dia, outras estão somente agora enfrentando a verdade. Algumas, são como eu e como você. Que tentam, de alguma forma entender as linhas que aparecem. As linhas das grandes coisas e das pequenas também. Linhas essas que vemos por ai todos os dias. Pegamos essas linhas de onde vemos. Internet, revista, livros... Pessoas. Pegamos e copiamos, repassamos e as eternizamos. Por que em cada linha que pegamos pra nós, existe um pouco de nós.
Mas acho que no fim, tudo se resume a grandes consequências de pequenas coisas.
A arma, a caixa de música...

6 comentários:

Dani Brito disse...

aiii eu sou uma eterna criança!!
O tempo corre extremamente rapido e as coisas mudam mto...
E não, não tenho 15 anos..qm me dera..hahahaha

bjsss

Priscila Mondschein disse...

Adorei! Não tenho nada a acrescentar, porque vc já disse tudo!

Beijão!

Anônimo disse...

0/\0...adorei!

Anjo Noturno disse...

É fantástica sua visão e discernimento do cotidiano, claro com seu temperamento um pouco irreverente as vezes.
;) Passa lá tbm...
http://estigmaangel.blogspot.com/

Rodrigo Rocha disse...

Ramos passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom

Loira disse...

Nossa é bem assim mesmo *____*