2011/01/28

Dia 543

Amo as coisas simples. Mas as coisas simples de verdade e não aquele clichê que todo mundo diz. Eu quero pegar um violão e mesmo sem saber tocar, fazer de conta que canto com voz inspiradora algo bem bonito. Vai pagar pra ver?
Feche os olhos se quiser, eu tenho um talento nato para inspirar confiança. E não é por você. Não estou fazendo isso por você. A vida não é um treinamento e se fosse, você receberia um "F". Aqui você pode ser morto.
Ás vezes tenho problemas do tamanho do Empire State Building. Mas ás vezes são coisas que se resolvem em um sopro. E ninguém esta nem ai, todo mundo só quer ouvir que vai ficar tudo bem, que esta tudo bem. E a cada dia agente descobre mais coisas sobre quem somos e o que vamos ser. Em quem devemos depositar amor e quem já se ama o suficiente para não precisar disso.
Eu? Eu descobri que posso mudar o dia de algumas pessoas com um pedaço de papel e um bombom. Depositar um sorriso em cada rosto. E a cada olhar, salvando o dia de pessoas que talvez nunca irão saber qual o meu maior medo ou meu maior sonho, que talvez eu nunca consiga conhecer por mais completo e intimo que cada um seja... Eu ganhei meu dia. Pessoas, mas pessoas de verdade, não precisam de muito para serem felizes. O que tem esta bom e o que não tem, tanto faz. E é por pessoas assim que eu me levanto todo dia da cama, escovo os dentes e parto pra vida.

6 comentários:

Caroline Araújo disse...

Aah, que lindo.
Lembrei-me das vezes que peguei um instrumento qualquer e, cheia de mim, o toquei a cantei como se o soubesse. Tudo o que você disse roubou-me completamente a atenção, mas há uma frase que marcou mais que as outras, a mais simples: "E não é por você. Não estou fazendo isso por você."
É esplêndido depositar um sorriso no rosto das pessoas, e fazê-lo com real prazer. Por se sentir bem em deixar um bilhete amassado com um pequeno bombom na escrivaninha de alguém. E fazê-lo pela felicidade que isso nos traz.
Grande beijo. Ótimo texto.

Nanne costa disse...

Viva sim intensamente Sempre...

seja feliz sem medo do erro e ao errar levante se e segue em frente Novamente..
grandes beijos...

Amanda Arrais disse...

Eu, como tu, sou uma fã declarada das coisas simples, apesar de eu mesma não conseguir ser simples. Felicidade fácil através de coisas pequenas é a melhor sensação pra mim. E os problemas são realmente como tu falaste, às vezes colossais e outras facilmente resolvidos.
Amo o teu jeito de escrever.

=*

ღ Sensivity ღ disse...

Às vezes eu saio canto como se fosse uma Mariah Carey em pessoa, kkkkk. Lindo o texto. Viva as coisas simples, você saberá encontrar a felicidade. Beijinhos.

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

As coisas podem mesmo ser mais simples do que parece. Pode ser mesmo nossa tarefa complicar a vida, querer coisas além do nosso alcance, só pra descobrir no final (e é sempre bom que essa descoberta ocorra) que o simples e até o pouco pode ser mais importante.

Hum, não, aquele texto não vai ter continuação.

Abraços!

Priscila Mondschein disse...

Muito bom! Seu texto é tão simples quanto um pedaço de papel e um bombom... mas diz tanta coisa essencial pra nossa vida...

Beijão!