2009/12/28

Dia 191

"Olha, olha... eu tenho bunda." ou "Olha, olha eu tenho seios fartos..." ou ainda "Hey, olha meu corpo." São de futilidades assim que eu vivo fugindo. Pra quê eu te pergunto, pra que isso? Vendendo-se de novo. Como se precisassem disso. Como se tudo isso durasse pra sempre. E não é isso que é ser jovem? Achar que isso vai durar pra sempre.
Somos todos iguais, não precisam se mostrar mais que outros por que no fim, todos se apagam. Como já disse antes, somos apenas sombras e pó. E tenha certeza, isso não dura pra sempre, não se iluda por que não dura pra sempre. Precisam saber o real valor que a vida tem. As pessoas que mais se ocultam são as que mais aparecem. Então não precisa de roupas nem acessórios muito menos artificios para chamar atenção. Cada um tem algo que chama atenção, até quando não quer chamar. Então nada disso é necessário.
Tem coisa muito mais importante. Mas a realidade é o maior pesadelo no mundo dos sonhos. Então enquanto sorrimos, estaremos em paz. Mesmo assim, as pessoas que sorriem chamam mais atenção do que aquelas que mostram decotes e músculos. Vamos sorrir gente, vamos sorrir.

Um comentário:

jépinguim disse...

Esse texto foi o melhor que ja li até hoje. Ele abre nossos olhos para um mundo de coisas superficiais e insignificantes.
*-------------------------*