2010/04/08

Dia 291

Eu abuso um pouquinho da felicidade todos os dias. Todos os dias pego dela emprestado um pedaço e acabo não devolvendo. Mas parece que ela não se importa, por que no dia seguinte ela me cede mais um pedaço, basta eu querer.
Simplismente apareci para mim mesmo, para dizer na minha cara quem eu devo ser. Foi ai que aprendi a ser eu mesmo, toda vez em toda hora para qualquer lugar. Simples assim. Bebi, chorei, ouvi Renato Russo, tive insônia e depois excesso de sono... Não me deu fome e depois comi a dispensa toda. Vaguei pelas madrugadas, escrevi poemas -juro- E agora as coisas vão se ajeitando. Pouco a pouco meu coração se organiza e eu volto com meu sorriso no rosto pra felicidade não poder dizer que não peguei nada emprestado hoje.
Daí percebi que metade de mim é o que eu ouço e a outra metade é o que eu falo. E vi também que tem uma manhã linda lá fora, mesmo que chova tempestades aqui dentro. Apenas olhe a sua volta, tem muita coisa nova que esteve sempre aqui.

8 comentários:

tamires disse...

aaaah muitooo boom !!

Theo disse...

sabe Ramos, nem ligava muito pra felicidade assim!
.
sou um cara depressivo que tomava remédios tarja preta(hoje nem tomo mais)
.
todos os dias meus dias são assim como o seu, escrever poemas, ouvir música e só!
.
a felicidade sempre me vem nos momentos certos, não gasto a minha dose diaria de felicidade a toa.

Tatiana disse...

Poxa, gostei muito do seu texto viu?
Vc faz muito bem de ficar surupiando pedaços diários de felicidade ( eu tb acho que ela não se importa! ^.^)
Vc disse tudo " Metade de mim é o q eu ouço, a outra metade é o que eu falo" POxa.. Disse tudo.
O importante é mesmo ter coragem de arrancar a felicidade onde quer que ela esteja escondida.. Vê-las nas pequenas coisas e não amagar tristezas esperando vê-la nas coisas grandes.

- Rεnata Alvεs disse...

Gostei muito do texto , acho que todo ser deveria ao menos tentar usar sua dose de felicidade . mas muitos nem ao menos sabem que ela existe ... muitas vezes pelo simples medo de ser feliz

Larissa Oliveira disse...

é adorei como sempre
todos nós temos que ser felizes ou pelomenos nos esforçar e ser quem realmento somo e mostrar que estamos satisfeitos com nossos jeitos e manias :D
beijos :*

Camila Paier disse...

Olá querido! Vi que comentaste lá no blog, e adoreei..A presença masculina tá sendo bem frenquente, e eu tô amando! É bom ler de vocês, homens, que entendem e algumas vezes, até gostam, dessas nossas loucuras femininas.
E o seu texto, ótimo. Temos que ir comendo a felicidade pelas beiradas, aos poucos para não queimar a língua, enjoar ou dar dor de barriga..Embora pra mim, essa seja uma das lições mais difíceis - é tudo tão, tão intenso..
Beijoca, te sigo!

Naty Araújo disse...

Eu sempre gosto de abusar da felicidade... Mas vamos abusar enquanto pudermos rsrs.

Beijos

Ligia disse...

Abusei da felicidade contigo esse fds! Obrigada por tudo!
Eu te amo!<3