2011/09/10

Dia 655

Estou sozinho em casa hoje a noite e a lua cheia ilumina meu quarto. Leva minha mente embora naquele solo de guitarra. Acho que estava sonhando com alguns pensamentos... Que eram todos possiveis com você. Acho que encontrei um jeito pra eu e você finalmente voarmos juntos. E quando chegarmos lá, vamos para bem longe. Nos lembrando de rir, enquanto experimentamos...
A lua continua a crescer lá fora. Estou caindo mais dificil do que eu já caí antes. Estou caindo rápido demais enquanto espero ir pousar em teus braços. Por que todo tempo que é gasto aqui, é desejando pertencer à você.
Sonho com círculos perfeitos, olhos no teu rosto. Como quando o vento se cansa e o mar se acalma. Talvez seja só sonho de lua, mas eu estou desejando pertencer... À você. Os corações das pessoas também podem ser curados por uma canção, não é?
Com nossas palavras fazemos formas e nossos ângulos podem se alinhar. Vou viver dentro da máquina de dormir. Sonho de sonho, de sonho e sonhar. Quando eu fecho meus olhos. Eu me lembro porque eu sorrio. O mundo é uma piada quando não se tem amor.
Todo mundo fala que queria voltar a ser criança pra poder ter aquela felicidade. Não é impossível ser feliz depois que agente cresce... só é mais complicado. No fundo, dificil é ser tão simples. Você pode dizer pelas linhas em meu sorriso.
Será que vou chegar, chegar ao lugar aonde estou indo? Se eu chegar, será que saberei quando estiver lá? Se um vento me soprar na direção certa. Será que eu iria me importar? Se importar... Comigo. Embora você esteja cantando e pensando como conseguiu fazer tudo tão bem, do que preciso? Que nós dois pensamos que sabemos tudo (nós dois pensamos que sabemos tudo).
Qual é... Somos totalmente livres dentro do nosso coração. Nosso grande coração.

3 comentários:

Maíra Souza disse...

Bonito!
O mundo realmente é uma piada sem amor.
Mas não acho possível ser feliz, não completamente. É meio complicado. Acho possível momentos felizes, tipo esse que tu deve ter tido antes de escrever isso aqui. ;)
Mas se existe pra você felicidade, digamos, total, desejo-a a vocês!

Maíra K. disse...

O nosso íntimo é o único local onde podemos ser plenamente livres pra pensar, dizer e fazer o que quiser. Talvez seja por isso que dizem que primeiro VOCÊ tem que ser feliz, para depois fazer os outro felizes. Primeiro tem que ser ter o amor próprio, para depois amar o outro.

É... realmente, não sei o que seria do mundo se não aprendêssemos a amar aquilo e quem nos rodeia.

Beijos!

d. disse...

Esses seus dias doces me inspiram!!!