2015/11/16

Dia 2164

Se eu pudesse dar uma dica para esse monte de garota da internet que nem conheço seria: Seja segura de si mesma. Sei que no século XXI, pedir para uma garota ser segura de si mesma é o mesmo que pedir para um gordo emagrecer, uma anoréxica comer, um depressivo sorrir e por ai vai. Vivemos em um mundo onde há disputa para ver quem tem o pau maior. Quem é que manda mais. Mas na verdade, ninguém manda em nada. As coisas apenas seguem o rumo natural de acontecer. Então deixa que aconteça. Não force as coisas.
A maioria das garotas quando o cara decide investir e ela percebe isso, já logo toma a iniciativa de alterar status, trocar foto de perfil, capa, whatsapp. Pronto, ali estabelece o perímetro de quarentena e nenhuma outra garota (nenhuma vagabunda) pode pisar - ou se quer pensar - os pés ali. De que adianta dar maior moral de "relacionamento sério" se quando o cara ta doente, nem um comprimido de anador você leva pra ele? Pagar de amor e romantismo em legenda de foto é facil, quero ver quando o mal humor bater, quando a deprê existencial chegar, quando a nostalgia vier de encontro, a crise financeira dar um "olá" ou quando aparecer aqueles almoços chatos de familia. É meu amigo, relacionamento sério é foda.
Cortam nossas asas e depois pedem para que voemos. E cadê o amor? Aqueles das legendas das fotos e status online? O amor hoje, esta online? Parece mais ocupado ou offline mesmo. Acorda, o amor é o objetivo da vida. Não se encaixa nesse besteirol ai no teu facebook. Bonito mesmo é agir em silêncio. Sempre admirei quem não espalha a dor que sente, quem não se faz de coitado por palavras meia boca. Sempre achei bonito aqueles que não espalham as suas benfeitorias e não saem gritando suas alegrias. Sempre achei bonito o silêncio de deixar as coisas acontecerem e aparecerem por si sós. E ai, o amor. Ele não precisa ser dito com #amordaminhavida, ele só é. E isso deve bastar pro resto da vida de vocês.

2 comentários:

anne falheiros disse...

Ja disse Bauman "vivemos em tempos liquidos..." , mas ainda tenho esperança no Amor de verdade, esperança de que não sò nòs- garotas- mas de que o mundo desperte p coisas, e de que se faça mais e fale menos.

anne falheiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.