2015/07/08

Dia 2118

Desconsidere tudo que você sabe sobre sexo. Na verdade, você e eu não sabemos muita coisa sobre sexo. Não me venha dizer que você sabe algo a mais porque leu 50 tons de cinza. Por favor, isso é pura publicidade no ramo erótico e nada mais. Um cara que bate em mulher? Quer mais viadagem que isso? Nada contra o homossexualismo, já adianto isso. Toda forma de amor é valida, sou á favor da paz e amor. Mas é que, um cara que bate em mulher é viadinho. Sim, viadinho! No sentido grotesco mesmo. Ele vê na mulher uma coisa que ele não pode ter: boceta. BO-CE-TA! E nisso, ele desconta toda sua ignorância em forma de violência gratuita. Um grande viadinho.
Mulher precisa SIM de um cara que sabe ser homem na cama. Que acabe com ela. Que a faça ter orgasmos múltiplos. Que saiba socar bem socado dentro dela. "Mulher gosta de homem com pegada" - elas dizem. Mas homem também gosta de mulher que senta gostoso. Não me venham com sensacionalismos baratos. Você também pensa putaria. Você também já fez coisas escondido. Você, em algum momento secreto da sua vida já pensou coisas sujas e se questionou se era certo pensar nessas coisas. E bem, é certo eu acho, no momento certo e com a pessoa certa.

Não levo em contar falar de sexo por ai, em rodas de amigos ou lugares abertos. Sexo é um assunto pra se falar baixinho, debaixo da coberta e acompanhado de alguém que também esteja nu. Não é vergonha nenhuma dizer pro parceiro o que quer que ele faça. Onde quer que fique, gostamos de mandar e ser mandados nessa hora. A história de 'vale tudo entre quatro paredes' sim, é completamente aceitável. 
Só o ser que é humano é capaz de ultrapassar a biologia através da arte-viva. Através do erotismo o poder da linguagem faz o sexo ultrapassar sua pobre função reprodutiva, automática, instintiva, básica. Até um verme reproduz, mas só o ser humano vai além da sua animalidade. É a partir do verbo da criação que a linguagem explode orgasmos, a quilômetros de distância do animal normal. Reproduzir não é uma arte. Se criar sim. Reproduzir é o mais básico e não exige criatividade. Algumas religiões cultuam o sexo meramente animal. Algumas religiões te querem animal: reproduzindo, comendo, acumulando recursos e demarcando território através da violência. a linguagem que o corpo produz não está condenada ao instinto. a moralidade é um dos modos mais eficientes de empatar a foda que te revelaria como és: infinito.
Faça uma mulher se arrepiar inteira. Tremer os lábios, a toque em lugares íntimos e privados que nem ela conhecia. Aperte-a de um jeito que a faça molhar entre as pernas. Beije-a de uma forma que a faça sentir tesão. Faça com que ela saiba que você pode dar prazer de uma forma inimaginável. E por fim, deixa-a gozar primeiro. 
A opinião da sociedade é a punheta não batida. Faça um favor a si mesmo, goze. Mas goze muito. A vida já te fode muito todos os dias. Faça amor, por favor e de preferência... Com o amor da sua vida!

2 comentários:

Riley disse...

que perfeito
texto perfeito!

anne falheiros disse...

Cara! escreva um livro! please! eu adoraria passar horas pedida entre linhas como estas do seu blog! você é demais!