2013/09/23

Dia 1601



Ela gostava de ouvir a chuva do lado de fora bater na janela enquanto estavamos deitados na cama. Gostava de assistir filme a noite, de deixar tudo pra depois. Ela gostava de andar de meias em casa. Ela tentava arrumar a bagunça do armário. Ela gostava de café, de discutir Caetano. De ouvir Marcelo Camelo, de rir de coisa idiota, do susto de quem batia na porta. Ela dormia em um sofá cama na sala pequena, com o violão do lado. Ela tinha bichinhos de pelucia do lado do travesseiro, fazia coleção de Cd do Zeca Baleiro. Ela curtia muitos filmes, muitas bandas, algumas bandanas e alguns bla bla bla, clichê.

Ela fazia macarrão mas não tinha o mesmo gosto que o da mãe dela. Ela gostava de por do sol. Ela gostava de fotografia bem tirada. De arrumar o cabelo. Ela gostava de Mickey Mouse. De usar luvas no frio. De luz no salão central da exposição. Ria falando que tinha um lado do rosto maior que o outro. Ela se machucava todo dia. Ela ainda tinha cara de menina mas ja era mulher. Ela lia tanto quanto escrevia. Ela curtia uma saia rodada, uma roupa quadriculada, de uma rosa bem dada. 
Ela gostava de tanta coisa e eu gostava dela, só dela. E eu podia dizer: É só a chuva la fora pequena, é só a chuva la fora.

Um comentário:

Keh*** disse...

Amo a simplicidade que escreves, porém é de tamanha riqueza cada palavra! Adooroo!!

Eu mudei de endereço e espero que goste da 'cara nova'
http://asmulheresemmim.blogspot.com.br/

Bjos***