2010/05/07

Dia 310

Eu escrevi a letra da canção mais boba pra você, além de cantar horrívelmente ela na sua frente. Escrevi nossos nomes em todas as árvores da sua rua. Deixei as pétalas das flores na sua calçada, por que o buquê ficou no caminho que o vento levou. Deitei com você sob o céu de mentira e as estrelas do quadro de "Noite Estrelada".
Eu quis ser tudo que você precisava. Além de ser o ar que você respirava. Eu procurei encaixar perfeitamente os meus dedos entre os seus e te apertar bem forte a mão em todos os momentos. Eu até pintei recados românticos na parede da casa abandonada que era caminho do seu trabalho. Eu quis ser seu super-homem. Mas tudo que eu consegui ser, acabou saindo ao contrário, e tudo que te apareceu, foi eu mesmo. Eu amo você incondicionalmente e tive a sorte, de você me amar de volta assim.
Acontece em raras ocasiões, mas pode ser na fila do fast-food, na entrada do banco ou entre as prateleiras do supermercado... Sempre tem alguém com a melodia pronta, pra escrever uma canção boba.

7 comentários:

Lua disse...

É pode ser... mas no meu caso o cara da canção boba caiu do cavalo e ta em coma!

kbritovb disse...

caralho mto mto mto bom
parabéns de verdade final foi sensacional

Luiz Brisa disse...

vc foi indicado ao 3° selo no meu blog
xD

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

Airton disse...

opa lembrei de uma musica da maria betania mto bom o texto



http://publicandobr.blogspot.com/

Raphael Campos Máximo disse...

Posso ser sincero sobre o que eu senti quando terminei de ler? INVEJA! Sim, muita inveja. Primeiro por você escrever tão bem e usar tão bem as metáforas, e segundo, é claro, a parte amorosa. Parabéns, muito bom o blog... Vou ler os posts anteriores. Abração!

Ligia disse...

Ameei! Texto lindo!*-*

Billycious Böy disse...

''Sempre tem alguém com a melodia pronta, pra escrever uma canção boba''

AAAAAAAA, adorei esse final <3