2010/05/10

Dia 315

Eu não tenho a mínima idéia de como vai ser amanhã, então... Aproveito o melhor do final do meu hoje. Faço ele render a semana inteira, quem sabe até o mês.
Respire, respire pela vida. Nunca negue seus intintos, eles fazem você saber que é humano. E errar é um instinto seu, é nosso também. Em muita coisa eu acreditei e sangrei por isso. Mas a verdade absoluta esta em quem te olha nos olhos e não em quem te da um tapinha nas costas. E isso serve como lição, para que eu possa levantar da cama na manhã seguinte e ir matar mais um leão lá fora.
Eu poderia sentar e falar sobre todos os meus problemas. Ou tentar te dizer como me sinto. Mas não consigo chegar tão fundo. E se você imaginar por que eu sempre pareço distante. Bom, há mais do que você vê e do que eu quero que você saiba. E agora tenho que ir, tem muitos leões lá fora.

8 comentários:

Niko Travesso disse...

algumas paradas eu sobrei no entendimento,
mas gostei...!

http://nikomoska.blogspot.com/

Leonardo disse...

Já disse uma vez que isso me lembra muito 500 Dias com Ela. Estou certo?

No mais, bacana seu post. 'Diferente', pessoal.

Ah, estou esperando um comentário de ontem, não querendo ser chato!

:)

http://leonhard-mind.blogspot.com/

Renèe T. disse...

AAAAAA professora de geografia nãão, eu quero ser rica! HAHAHAHAHAHAHHAAH

"Em muita coisa eu acreditei e sangrei por isso." é triste acreditarmos que tudo será como planejamos e depois vir a vida e ditar as novas regras e bater as portas em nossas caras, mas isso tudo faz parte de um procedimento que se a vida não for vivida constantemente (carpe diem) o sangue todo escorido de você não vai valer a pena. Ótimo texto pra variar, né? AHAHA :*

http://futurismologa.blogspot.com/

Ligia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Lelê Mafalda disse...

Mas os leões não estão ameaçados de extinção? Coisa feia sair matando os bichinhos por aí...

Thamyzinha Iwasaki disse...

hum basta profundo, como voce devemos viver o hoje e não ficar pensando no amanha.
Planejar algo é bom mais sempre devemos tirar o melhor do agora.

War Inside My Head disse...

O texto de certa forma reflete uma agônia interna , algo que esta difícil se desvincular do passado como uma passagem , uma memória ...
Bom meio desconexo, mas intrigante , é aquela sensação de quando vc come pêra e fica um amargor citrico na papaila gustativa....
Gostei do contexto do Blog e a forma de como usa o Template, a contagem das historia em formas de dia...
Parabéns pela originalidade.
Seguindo seu blog e espero que siga o meu tb!
Acredito que ira gosta muitos do que escrevo tb , trabalhamos em um universo bem paralelo!
Abraço , boa semana e sucesso com seu Blog!

Att

Yaser

http://yaseryusuf.blogspot.com/

Jéssica Thaís disse...

foi uma aula de filosofia esse post,
e eu adoro aulas de filosofia (rs)
*---------------*