2012/09/02

Dia 1227

Procurei em autores famosos algum texto, alguma frase que me explicasse. Martha Medeiros, Caio F. e até a Lya, ninguém conseguiu me ajudar. "Como pode?" Eu andei me perguntando. "Como pode?"
Um casal de velhos e não chegamos nem aos 30. As coisas batem, sabe? Elas se encaixam aqui. E pela primeira vez não me sinto deslocado. Tenho a impressão de que aqui é meu lugar, é aqui onde eu deveria estar.
Era pra ser você. E alguém igual a você não há de ter. Então vamos brincar e o seu nome eu vou pintar. Não preciso descansar nem adormecer. Eu sei que só preciso de você. Eu estou agora, com você. E quando estou, estou aqui. É isso que importa.
Não sei nomear não, mas tem alguma coisa aqui dentro, batendo, esmurrando, quebrando tudo só pra poder dizer que quer você agora. Por algumas horas, por alguns dias... pode ser por enquanto você me aguentar?!

2 comentários:

Marcelly Oliveira disse...

ótimo texto!

Ágatha Alves disse...

Tem sentimentos que jamais ninguém conseguirá dizer em palavras, as vezes chegam perto mas não chega a ser fiel...
Lindo texto

Beijão
(quanto tempo não venho aqui =D)