2010/08/02

Dia 444

Feche os olhos. Abra sua mente. E lute para sobreviver. Eu sou como todo mundo. Sou como ela, como ele e como aquele lá.
Ás vezes esqueço as chaves em casa. Deixo o café ferver. Escrevo no papel enquanto falo ao telefone. Largo o sapato no meio da casa. Bato o dedinho no sofá. Tropeço na escada. Riu de coisa sem graça. Ouço músicas ruins. Pago contas... Acordo, como, trabalho, tomo banho e durmo como a maioria.
Mas sou cético demais. É dificil acreditar em alguém e em alguma coisa. Ações comprovam mais que palavras eu acho. Desconfio de todos primeiro antes de pensar em começar a confiar. Não que todo mundo esteja errado e eu apenas seja o dono da verdade, mas cansei de ficar sempre longe daqui.
Se o mundo é mesmo parecido com o que vejo, prefiro acreditar no mundo do meu jeito. Do mesmo jeito as pessoas. Assim como vejo aquele lá, vejo ele, vejo ela... eu vejo você. Eu vejo você. Vejo você através do vidro quebrado.

9 comentários:

Juηiøя disse...

Eu luto pra sobreviver e acredito em Deus através da minha fé da Bíblia sagrada e pelas obras que ele faz em minha vida

é normal nos seres humanos filosofarmos em busca de respostas de onde vinhemos o que somos etc

boa reflexão

da pra fazer um debate

visite: http://adolescente-antenado.blogspot.com/

Anônimo disse...

parabéns, amei seu texto.

super te espero no meu *-*
http://retrojovem.blogspot.com/

James Rocha disse...

Nós sobrevivemos a um mundo criado por nós mesmos, ou destruído, sei lá.

Pessoal... disse...

Muito bom post, bate com algumas reflexões que tenho, da uma olhada no meu blog também, podemos trocar idéias!
http://diego-stoker.blogspot.com/

Nando! disse...

Seu texto está demais!

Com linguagem simples, porém com um conteúdo forte!

Parabéns pelo blog

Pia Fraus disse...

Rafa! adorei aqui! já estou te seguinho.. volto mais tarde para ler os outros com mais calma!

até

Pamela Santos. disse...

puta que pariu... adorei essa postagem! serio mesmo, ome. Parece uma musica até :s só que a letra seria um pouco grande, nao é? rs
eu também faço a maioria das coisas ai... so nao trabalho... :x
desculpe estar tão distante assim, é que ando sem aparecer nos blogs que sigo e gosto. Agora estou com um novo blog, com uma nova conta. (p.s: é pra eu poder escrever as historias que eu quero sem que ninguem venha falar merda pensando merda de mim, nem minha familia religiosa venha a ler minhas coisas x:) siga ele, se gostar. vou seguir seu blog com essa conta aqui tambem. :3

(http://descrevendoumahistoria.blogspot.com/ - o novo blog.)


beijo, beijo.

Suzy Carvalho disse...

me achei tanto nisso, tenho certos problemas em confiar nas pessoas, nao que elas nao demonstrem q nao o sejam, mas isso é algo meu, um bloqueio proprio, mas as vezes acho q é melhor assim, eu posso fazer tudo como qlqr outro, como citado no texto, mas prefiro ficar ali ao longe =)

Seu blog foi divulgado no meu again! rsrs
agora foi por sorteio ;D

Fabiane Aline disse...

Hoje em dia a gente tem que sobreviver, mas continuo na fé e na força que tudo vai melhorar e vai dar certo.
Adoro os seus textos.
Beijinhos miguxo querido (risos).