2010/08/22

Dia 474

Para aqueles que perderam um ente querido sei que a dor é muito forte, mas depois o tempo passa e a saudade fica. Viva o seu luto, chore, espernei, grite, mas não se deixe deprimir. A vida continua, temos outras pessoas ao nosso redor que nos dá força para continuar nossa tragetória e nossa missão.
Para aqueles que perderam um grande amor ou se disiludiram, dói. Mas lembrem-se de na próxima não jogar no outro (a) todas as suas expectativas, assim fica menos doido. Tente, não deixar a sua carência falar mais alto.
Não sirva de escada ou bengala ou droga para aliviar a dor do outro, porque isso também dói muito. As pessoas tem que saber viver seus lutos sem machucar outras pessoas.
Tomamos decisões, mas acabamos voltando atrás... Que o que pensamos agora não é mais o que queremos daqui a pouco! Fomos testados, analisados e considerados auto-suficientes. Sem muita frescura, sem muito desgaste, sem muito discurso. Tudo o que a gente quer, depois de um certo tempo é ir direto ao assunto.

7 comentários:

Fabiane Aline disse...

A dor de uma perda de alguém que a gente ama dói demais. Nessa semana perdi um amigo (vc percebeu que a minha semana foi péssima, né?). É muito triste.
Desejo boa sorte da cirurgia e até terça. Se cuida guri.
Beijos.

tammy diktiva disse...

As pessoas se preparam errado pra hora da morte alheia e de si mesmo. Nem todos enxergam na morte apenas uma passagem, assim como nascer. Almas que se amam nunca se perdem, essa é a minha certeza. Em relação ao amor é uma merda mesmo KKK, a gente fica louca, perde o pouco juízo que tem, se joga e seja o que Deus quiser e eu acho q não há solução pra isso. Mas entre tantas coisas difíceis, realmente não machucar as pessoas é primordial.
:**

Amélie Bouvié disse...

Nossa, esse texto acalmou o que eu estava sentindo.
Ainda bem que passei por aqui... obrigada querido!

Grande beijo.

R;* disse...

Você não pode imaginar o tanto que esse texto me fez bem. Perfeito ou talvez mais que perfeitoo!
Tudo pode ser superado, e não devemos fazer disso uma necessidade ou uma obrigação e sim algo que simplesmente nos dê prazer e alegria!
beeeijo ;*

Camila França disse...

E como doi.
E, verdade, ninguém gosta de ser usado.
E a transformação acontece a cada dia nos fazendo melhores donos de nós mesmos.

Mas, o amor por si mesmo já nos transforma e, eu acho, que ele é o melhor caminho a ser seguido. A entrega voluntária é o que nos molda.

:D

Viajei de novo?
ahahahahhahah

Beijão.

Fabiane Aline disse...

Estou passando para avisar que te add no meu novo MSN. O outro eu tive que deletar. Beijos.

@HUGOCEREGATO disse...

Muito bacana o texto. Acho que faz muito sentido a parte de viver seu próprio luto. Não vejo a tristeza como algo de todo mal... a gente cresce com ela, e tem sua função assim como a felicidade. Mas não acredito no homem auto-suficiente, somos seres segregados, há de se passar por caminhos sozinho, mas tb acredito que devemos compartilhar momentos.