2013/12/22

Dia 1676


Lembrar de ex-parceiros é sempre uma merda né? Fora que você aluga todo mundo pra ficar falando da bendita pessoa. É tipo como um viciado. Ou você larga o vicio ou se vicia em algo diferente. Leva um tempo até tudo sair de você e você ficar completamente limpo. Mas também, depois, sempre fica a duvida: Eu posso me drogar de novo ou fico do jeito que esta?
Mas, dai não da pra fazer mais nada certo? Aquela historia dos dois caminhos aparecer e cada um pro seu lado bem bonitinho e comportadinho. Nada de mensagens na madrugada, controlem-se. Reflitam bastante. E ai a coisa fica feia, não da cara. Sentir falta é do caralho e vai ter que aprender a ficar com isso. Pensa "Você não tem ideia do quanto eu me preocupo contigo. Então faz um favor? Se cuida." Quando na verdade você ainda queria estar cuidando. É foda. Não quer ser o viciado, quer?
Esqueça tudo o que não deu certo ontem. Hoje é outro dia. Amanhã é outro dia, eu sempre digo. Vivo dizendo, disse hoje... Eu disse...
Porque te dá um medo filho da puta: ser feliz, medo de amar, medo de ser bom. Tudo que faz bem pra gente, a gente tem medo. A verdade é que, a gente é idiota pra porra!
Não se mate, sossegue, o amor é isso que você está vendo: hoje beija, amanhã não beija, depois de amanhã é domingo e segunda-feira ninguém sabe o que será.

Um comentário: