2010/07/19

Dia 420

Um dia você vai me ver sentado na minha cadeira de couro, inclinado sobre a mesa, escrevendo algo em uma folha de papel timbrado. Vai me ver tão concentrado que não vai ter coragem de me interromper. Fica observando os movimentos dos meus dedos sobre a caneta e quão rápido eu passo o que eu penso para o papel. Tentando não deixar escapar nada, nenhuma palavra. Vai ficar quietinha, tentando não fazer nenhum barulho para não atrapalhar. Mas, eu só escrevo com música, então... Não faria diferença você deixar cair o vaso no chão naquela hora. Você não faz a mínima idéia do que eu estou escrevendo ali, mas sabe que naquela hora, aquilo é o mais importante na minha vida. Por isso continuo a escrever, por que tenho muitas coisas importantes na minha vida, para passar para o papel.

5 comentários:

Leticia/Leonardo disse...

olá
mto bom o texto rs
eheh
interessante =]
bjos

Zé Pelarau disse...

Ótimo texto! Meus parabéns!!!!
http://blogdopelarau.blogspot.com/

Karla Hack disse...

Bem intimista!
Gostei de revelar seus anseios e pensamentos assim e de forma tão bem escrita!
;D

Le. disse...

muito bom o texto,você escreve muito bem *-*

Amanda ; disse...

eu sei exatamente o que é isso. Fazia tempo que não lia algo como qual eu me identificasse tanto... Mto obrigado por postar isso...

Beijinhos.
http://pingodegloss.blogspot.com/