2010/02/03

Dia 245

Perdoar é nobre e esquecer é quase impossível. Nem todo mundo é tão legal assim, e de perto ninguém é normal. Quem te merece não te faz chorar e quem gosta cuida. O que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente. Não é preciso perder pra aprender a dar valor e os amigos ainda se contam nos dedos. Aos poucos você percebe o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida e o que nunca deveria ter entrado nela.
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração! Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente! Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sabia? Há palavras que nos beijam como se tivessem boca. E eu quero continuar sonhando.

5 comentários:

^-^¨cat disse...

muito filosófico e sincero! amei!

Luh disse...

"Não é preciso perder para aprender a dar valor." Uma verdade que percebi ha pouco tempo.

Belo texto.
So reconheci os trechos finais... E' todo de Clarice Lispector?

Caroline disse...

Caramba...

Não tenho nem muito o que dizer. li, gostei e me tocou muito esse texto. Principalmente o final. Talvez reflita um momento que estou passando. Enfim... lindo!

Carolina Quirino disse...

belo texto. As vezes é bom para refletir e pensar com textos como este...

Bibi disse...

Muito bom...é bom ler algo..e poder sentir oq leu..