2010/02/12

Dia 261

Mais uma dose de whisky por favor. Por que eu só vou conseguir sobreviver hoje de porre. Em 2054 vou pedir pro meu médico retirar parte da minha memória. Com aquelas lembranças daqueles tempos. Por que em 2054? Por creio que só nesse tempo terão tecnologia e inventado alguma técnica pra isso ser possível acontecer. Por causa dessas lembranças eu não vou adiante e nem regresso. Fico parado nessa indecisão do que eu preciso fazer agora. Voltar e fazer um novo começo ou começar agora e fazer um novo final. Nesse meio fio são meus neurônios e cabos de equilíbrio que queimam na minha cabeça.
Uma nova história com uma nova fé e eu não posso voltar de novo, não posso voltar de novo. É tudo tão parecido agora, parece que tudo faz sentido. Acho que estou intoxicado, com um nome, com uma imagem... Algumas cenas que vivem voltando e eu vivo procurando um 'por que' nesse inferninho. Como eu queria poder matar o tempo, e todos acontecimentos daquela época. Mas e se tivesse acontecendo agora? E se fosse agora e não antes... Como seria? Será que eu teria toda minha memória em 2054? Ahhh, essas incertezas, já estão me dando naúseas. Posso queimar minha cabeça inteira essa noite ou então continuar e esquecer o passado. Lembrar do passado no presente é criar uma dor e sofrer novamente. Acho que vou deletar tudo por agora, mais tarde vejo outra coisa.
(...)
Droga, apertei delete e nada aconteceu, acho que meu teclado quebrou. Enfim... Mais uma dose de whisky por favor.

2 comentários:

Bruna disse...

tu não sabe o quanto eu adorei o teu texto, o teu blog, tudo!
vou seguir
e tu escreve muito bem, alguém ja te disse?
muito bom! :D
bjos

Vanessa Utzig disse...

Bah, quanto wisky já tomei, bebi, me afoguei... Em casa mesmo, por aí, há muito tempo. Me "inspirava" nisso. Lembro dos enjôos anunciando minha gravidez, e eu parei como wisky... De vez. Graças a Deus.
Abraço, Shalom.