2010/02/05

Dia 250

Tem vezes que agente fica cansado de se sentir magoado. Você não é a única. Eu vou te tomar pela mão e te mostrar um mundo que você pode compreender. Essa vida é preenchida com feridas, quando a felicidade não funciona. Mas não precisa ser assim, é sério. Confie em mim e pegue a minha mão. Quando as luzes apagarem você irá entender.
Porque eu prefiro sentir dor ao invés de mais nada, dor sem o amor. Confie em mim eu tenho um plano. Quando as luzes apagarem você irá entender.
Vivendo comigo mesmo. É tudo que eu tenho. Eu me sinto adormecido. Eu não posso voltar para a vida. Eu sinto como se eu estivesse congelado no tempo. Eu sou muito jovem para perder minha alma. Eu sou muito jovem para sentir esse velho. Por muito tempo, eu fui deixado para trás. Eu sinto como se estivesse perdendo minha mente. Para voltar para o começo e ver onde tudo começou. Ou acabar no fundo para ver como tudo termina. De alguma forma, eu encontrei uma maneira de me perder em você. A dor de tudo isso, o erguer e queda... Eu vejo isso tudo em você. Agora todos os dias, me encontro dizendo que quero me perder em você.

2 comentários:

Emmy S. disse...

adorei o texto, bem triste, confesso, mas está muito bem escrito, eu discordo um pouco, prefiro não sentir nada e um pouco vazia do que sentir dor, a única vantagem da dor é que me ajuda a refletir e escrever bastante hehe/

Escritor em treinamento disse...

Ninguém é novo demais para perder a alma... só talvez novo demais para saber no que consiste a alma